Mudei tantas vezes e nenhuma foi por mim

maio 17, 2019

O que fazer quando a sua ficha começa a cair sobre milhões de coisas que você passou por um grande tempo?
  1. chorar
  2. escrever
  3. se sentir uma idiota
  4. todas as opções acima

Sempre falo que não vou me expor mais aqui e acabo me expondo do mesmo jeito, não posso fazer nada se nas minhas piores fases que vem às minhas maiores inspirações. Tenho passado por muitos dias chuvosos e terríveis, sempre penso quando o arcos-íris vai aparecer e finalmente vou poder dizer que está tudo bem.
São nesses momentos que fico refletiva, penso na vida e como eu cheguei aqui; e uma dessas reflexão foi como eu mudei e algumas das vezes nem foi por mim. Nas últimas semanas estava me sentindo sufocada de não me caber nas pessoas, de ter que me moldar para poder estar com elas, muito louco, não?
Muitas e muitas vezes na minha vida mudei para fazer parte de algo ou para alguém gostar de mim, isso soa tão ridículo para uma garota de 21 anos escrever.  Acho que pouquíssima pessoas conhecem a real versão de mim. É uma das maiores coisas que eu quero trabalhar em mim. Me sinto tão confortável quando estou apenas comigo, mas acho que na real tenho medo das pessoas irem embora quando me conhecerem real.
Não quero dizer que estou mentindo sobre quem eu sou, mas sim sobre qual Fabs vou ser para agradar aquela pessoa, sabe? É tudo muito confuso.
Quero mudar por mim, quero que das pessoas gostem de mim porque quem eu sou.  Porque sou a F abiana que ama escrever, acredita que sonhar ainda é o maior remédio para dor, que ama escutar músicas badzinhas, que quer conhecer todas das pessoas que é fã, que ama escrever histórias e poder compartilhar com das pessoas, que acredita no melhor das pessoas, que tem uma lista de sonhos, enfim…

Não quero mais mudar para caber nas pessoas, quero mudar para me caber.

Veja mais postagens como essa!

0 comentários

Postagens Populares

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *