Manter pessoas em nossas vidas é como manter uma ferida aberta

outubro 08, 2019



Escrevi um post para meu instagram do blog e fiquei martelando algumas coisas na minha cabeça. Acho que preciso escrever para me livrar desse pensamento.

Sabe aquela ferida que sempre tiramos a casquinha e ela volta a se abrir e demora um bom tempo para cicatrizar? Eu fazia muito isso quando era criança sempre tirava as casquinhas dos machucados, voltava a sangrar, às vezes até doía e demora algum tempo para cicatrizar depois. Pensei aqui e vi que fazia isso com pessoas a minha volta. 
Manter aquele tipo de pessoa que nos machucam, mas causam um alívio momentâneo e depois nos machucam de novo, é viver em um ciclo que nunca tem fim. Percebi que tenho várias pessoas assim na minha vida, mantenho elas ali porque me trazem um aconchego por uns momentos, mas logo em seguida vem alguma decepção para poder se recuperar. 
Isso não faz bem para nossa saúde mental, manter alguém que só mexe com o nosso psicológico. Não sabemos como a pessoa vai agir e temos que está preparados para receber a dor. Isso é muito louco. 
A dor de deixar cicatrizar dói, é um caminho longo e parece que você nunca vai superar e vai ter a necessidade de ter aquela pessoa ali, mas como qualquer ferida um dia sara e só vai ficar uma cicatriz e mostrar o quão forte você foi, ou vai ficar a marca dos momentos bons, ou vai te lembrar que todo esse processo de cicatrização fez quem você é hoje.
Mas lembre-se: manter algumas pessoas na sua vida é como manter uma ferida sempre aberta e só você pode curar isso.

Veja mais postagens como essa!

0 comentários

Postagens Populares

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *