Não perca o seu objetivo | Post Especial

agosto 25, 2019


O último post sobre criação de conteúdo não poderia ser outro tema: não perca seu objetivo. No decorrer das três últimas postagem falamos sobre como começar, o que fazer, como se planejar, qual nicho entrar, entre outros e também tivemos também a entrevista com a Marcela Rondon que contou um pouco a sua experiência no meio e nós deu uma ideia de como trabalhar com a internet. Mas hoje vim falar de um tópico que quando eu comecei isso aqui me faltou muito e me levou a desistir muitas vezes.

Todas dicas que coloquei aqui foi com base em pesquisas que fiz, mas também na experiência que tenho com a internet no decorrer desses 7 anos fazendo conteúdo para o meu blog. Acho que esse ponto que vou falar hoje me faltou um pouco lá no começo. 

Quando criei o blog era um produto que estava sendo muito consumido na internet, mas mesmo assim muito novo, foi na era do BUM das coisas de criação de conteúdo, que ninguém tinha muito ideia que estava fazendo e que aquilo poderia gerar venda. Eu, por exemplo, comecei porque gostava de escrever e queria compartilhar com alguém e também porque tinha acabado de brigar com uma amiga muito importante para mim e estava me sentindo sozinha e então entrei para esse mundo de internet. 

No começo isso era apenas um hobby postava das coisas que eu gostava, compartilha meu textos e opiniões, nunca pensei em ganhar dinheiro ou algo em troca. Com passar do tempo fui melhorando, pensando mais nele como estrutura de blog e era uma parte mim que eu gostava bastante: compartilhar coisas boas com as pessoas. 

No final de 2015 já tinha grandes números de visualizações, mas depois fui largando e deixando de lado e esse foi o meu maior erro não ter focado no meu objetivo, continuar compartilhando coisas boas e que gosto de falar. Depois para voltar é mais difícil, não sei explicar, talvez porque já tenha uma expectativa com o que foi antes. 

Não perca seu objetivo, seja qual ele for, o caminho da internet é bastante duro às vezes, não é igual uma carreira profissional comum que quando você começa em uma empresa você tem sua tarefas X, Y e Z, no começo você vai ser seu marketing, o criador, o seu próprio chefe, vai ser uma loucura porque muitas vezes não estamos acostumados com isso, mas lembre-se sempre do seu objetivo, sei lá qual ele for, vai te ajudar a continuar a querer criar.

Lembre-se: tem que ser uma coisa saudável e que te faça feliz, se não estiver acontecendo isso algo está errado, pois eu acredito que trabalhar com a internet é fazer algo que você goste que vá contribuir positivamente na vida de alguém. 

Espero que tenham gostado dessa saga de conteúdos voltado a criação. Vou deixar os links das postagens dos outros temas. 
Veja também sobre esse tema:





Veja mais postagens como essa!

0 comentários

Postagens Populares

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *